MENU

25/03/2022 às 21h34min - Atualizada em 25/03/2022 às 21h17min

Em Maricá, mulheres sofrem por falta de tratamento referente a saúde feminina

Em Maricá, mulheres sofrem por falta de tratamento referente a saúde feminina

Robinson Assis

Robinson Assis

Colunista - Repórter - Ativista Social

Estamos diante de um quadro caótico e lamentavel que vem acontecendo aqui na cidade de Maricá,  como se não bastasse, a cidade ignorar o tratamento com pacientes oncológicos, agora á agonia está em cima das mulheres fragilizadas, precisando de diversos tratamentos referentes á saúde da mulher. 

Com um investimento de pouco mais de 800 milhões ano, mulheres vem sofrendo por falta de consultas ginecológica,  exames e principalmente cirurgias como vídeo histeroscopia, polipectomia e Histerectomia, estes procedimentos sempre foram tratados como prioridade pela secretária licenciada Simone Costa e Silva que brigava junto ao conselho estadual de saúde, para que as mulheres pudessem executar esses tipos de procedimentos em Maricá.

Segundo informações essas cirurgias foram suspensas para contenção de despesas e atender interesses pessoais  e políticos. Com isso as mulheres vem sofrendo com o descaso público sem previsão para acabar com essa agonia e o pior, tudo isso com a conivência do executivo e a inércia do legislativo.

Link
Leia Também »
Comentários »
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
Como podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...