MENU

27/01/2021 às 11h39min - Atualizada em 27/01/2021 às 15h39min

ESTUDANTE DE DIREITO É PRESO POR TRÁFICO DE DROGAS, COM SKUNK EM SÍTIO EM MARICÁ NO RJ

Ele administrava três sítios com plantação de Skunk, uma maconha com alto teor de THC que causa dependência com muito mais rapidez

by Editorial Maricá - Exclusivo
Grupo Bandeirantes - Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro
Estudante de direito é preso por administrar três sítios com plantação de maconha no RJ | Photo: Divulgação / Polícia Civil do Rio de Janeiro
Um estudante de direito foi preso em flagrante por administrar três sítios com plantação de maconha do tipo skunk, com três mil pés da droga, em Maricá, na região metropolitana do Rio e por revender a droga no Rio de Janeiro e em Niterói. As informações são do Marcus Sadok, da BandNews FM, exibido no Bora Brasil, e compartilhados com nossa redação. 

Felipe Coutinho Vaz, de 31 anos vai responder por tráfico de drogas. Skunk é uma derivação da maconha com maior poder alucinógeno, com alto teor de THC que causa dependência com muito mais rapidez, portanto, maconha mais forte.

Segundo a Polícia, as plantas eram cultivadas numa espécie de galpão com estufas, além de equipamentos de ventilação, de controle de temperatura e iluminação.

De acordo com as investigações, cada quilo da droga era vendido a R$ 30 mil, e cada colheita, rendia entre três e cinco quilos.

Estudante de direito é preso por administrar três sítios com plantação de maconha no RJ
Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro
 
Qual o efeito do skunk?
Provoca também lapsos de memória e afeta a coordenação motora. Em geral, os efeitos da droga Skank são semelhantes aos da maconha: excitação, aumento de apetite por doces, olhos vermelhos, pupilas dilatadas, alucinações e distúrbios na percepção de tempo e espaço.
 
CONFIRA A REPORTAGEM DE MARCUS SADOK da BandNews FM, no Bora Brasil.

FIQUE SABENDO DE MAIS INFORMAÇÕES;
 
Skunk (no Brasil, por vezes, grafado skank) refere-se a variedades de Cannabis de odor mais forte (daí o nome skunk: gambá, em português) e dotadas de maior concentração de substâncias psicoativas[1] produzidas mediante cruzamentos de várias espécies do mesmo gênero (Cannabis sativa, Cannabis indica e Cannabis ruderalis) e cultivadas em ambiente controlado, visando obter plantas com maior concentração de THC (tetra-hidrocanabinol) - substância psicoativa com poder narcótico presente nas espécies desse gênero.[2] Ao THC é atribuído o efeito denominado popularmente a "brisa". O skunk é cultivado em ambiente controlado, com iluminação intensa e nutrientes adequados, podendo ser utilizado o sistema hidropônico.


Usualmente, a concentração de THC na maconha é de 2% a 4%;[1] no skunk, essa concentração é de aproximadamente 14% a 15%, podendo chegar a 30%,[3][4] dependendo das espécies e da qualidade das sementes usadas no cruzamento, e sua produtividade pode ser de até 400/500 g por m², em sistemas de cultivo otimizados.

O modo pelo qual o THC atua no organismo é conhecido e funciona através do mecanismo de neurotransmissores endocanabinoides que são encontrados em praticamente todas as células nervosas do organismo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
No que podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...