MENU

26/08/2022 às 15h33min - Atualizada em 29/08/2022 às 09h39min

'BRASIL EM CONSTITUIÇÃO' SÉRIE ESPECIAL DO JN ESTREIA HOJE NO DIA (29)

Os avanços no país desde a promulgação do documento serão mostrados em 23 episódios. 'O conteúdo é oportuno, necessário, esclarecedor', diz William Bonner.

GRUPO EDITORIAL MARICÁ Exclusiva - Por Jornal Nacional
Assessoria de Imprensa Rio
Série do JN sobre a Constituição brasileira estreia no dia 29 de agosto — Foto: Jornal Nacional

O Jornal Nacional estreia na próxima segunda-feira (29) a série "Brasil em Constituição", que mostra, em 23 episódios — sempre de segunda a sexta-feira —, os avanços obtidos com a Carta Constitucional de 1988, como ela está presente no dia a dia dos cidadãos brasileiros e como é fundamental para a preservação da democracia.

 

“Eu não tenho sequer uma sombra de dúvida de que o Jornal Nacional vai exibir o mais importante produto da história do telejornalismo brasileiro. O conteúdo é oportuno, necessário, esclarecedor. E a realização é de um apuro técnico do mais alto nível”, diz William Bonner, editor-chefe e apresentador do JN.

William Bonner vai ancorar, junto com Renata Vasconcellos, a série 'Brasil em Constituição' — Foto: Divulgação/TV Globo

“A série é um mergulho na trajetória de construção da democracia brasileira, através da Carta Cidadã, de 1988. Mostra as passagens mais marcantes da Constituição e como ela contém os nossos anseios, deveres e desafios como nação. A série está linda!”, afirma Renata Vasconcellos, editora executiva e apresentadora do jornal.


Renata Vasconcellos vai ancorar, junto com William Bonner, a série 'Brasil em Constituição', que vai ao ar no Jornal Nacional a partir de 29 de agosto — Foto: Divulgação/TV Globo

Os episódios vão abordar aspectos da Constituição referentes a temas como saúde, educação, igualdade de gênero, racismo, casamento homoafetivo, meio ambiente, liberdade de expressão e liberdade religiosa, entre outros.

“Queremos fazer com que as pessoas reflitam sobre essas conquistas e percebam como é importante preservar direitos pelos quais tanto lutamos. Há muito o que fazer ainda para que todos os brasileiros tenham acesso a tudo o que foi estabelecido em 1988. Mas a Constituição é um ponto de partida, é uma meta a ser atingida. Muita coisa depende de gestão, depende de termos governantes comprometidos com esses direitos. Cabe a cada um de nós cobrar para que essas conquistas não fiquem só no papel. O fato de elas estarem no texto constitucional é uma garantia e permite que façamos essa cobrança. Mas é preciso conhecer o que está escrito ali para poder cobrar. Muitas vezes nem nos damos conta de direitos e liberdades que só fazem parte do nosso dia a dia hoje porque foram garantidos na Constituição”, explica a diretora da série, Mônica Maria Barbosa.

 

Mais de 80 entrevistas

 

Foram mais de dez meses de trabalho para produzir "Brasil em Constituição", e 30 profissionais envolvidos — as reportagens são conduzidas pelos repórteres Pedro Bassan e Graziela Azevedo. Mais de 80 entrevistas foram gravadas: participaram ministros do Supremo Tribunal Federal, juristas e constitucionalistas, além de pessoas que estiveram no noticiário nas últimas décadas por causa das conquistas obtidas a partir da Constituição de 88.

 

A equipe da série assistiu a 4,3 mil vídeos do acervo da emissora e encontrou imagens emblemáticas — algumas inéditas ou pouco divulgadas —, e também examinou 740 vídeos do diário da Constituinte que estão nos arquivos do Congresso Nacional.

Os cenários também ganham destaque nesta produção do JN, e terão imagens exibidas em um telão de 75 metros quadrados.

JN apresenta série especial sobre a Constituição, NÃO PERCAM!


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
Como podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...