MENU

26/10/2021 às 17h20min - Atualizada em 28/10/2021 às 11h17min

CICLO DE CAPACITAÇÕES EM ITABORAÍ AMPLIA CONHECIMENTO DO SUPORTE BÁSICO DE VIDA (SBV)

Com objetivo de ampliar o conhecimento do Suporte Básico de Vida (SBV), a Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), iniciou um ciclo de treinamentos para profissionais que atuam em diferentes setores ligados à Saúde do município.

GRUPO EDITORIAL MARICÁ
Assessoria de Imprensa Itaboraí
Com objetivo de ampliar o conhecimento do Suporte Básico de Vida (SBV), a Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), iniciou um ciclo de treinamentos para profissionais que atuam em diferentes setores ligados à Saúde do município.

Nesta terça-feira (26/10), trabalhadores da sede da pasta, em Nancilândia, passaram por uma capacitação sobre como usar o Desfibrilador Externo Automático (DEA), que a partir de agora passa a estar disponível no local.

O treinamento foi aplicado pelo técnico de emergência médica e instrutor de SBV, Claudemir Quirino, que atua no Núcleo de Educação Permanente e Pesquisa em Saúde (NEPPS). O novo aparelho ficará disponível na sede da Secretaria para auxiliar em casos de emergências no local. O secretário municipal de Saúde, Sandro Ronquetti, acompanhou a capacitação, que contou também com a presença de diferentes profissionais, tanto de Saúde, como administrativo e agentes da Guarda Municipal de Itaboraí.

"Temos a missão de promover educação continuada a todos os servidores que atuam na Secretaria Municipal de Saúde, incluindo os profissionais que não tem formação na área de Saúde. É muito importante que todos saibam como agir em caso de uma emergência, porque cada minuto significa muito para o paciente", afirmou o secretário municipal de Saúde, Sandro Ronquetti.

A capacitação sobre o uso do DEA teve início na última segunda-feira (25/10), com técnicos e condutores de ambulâncias do município. Além disso, profissionais que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também passaram por um treinamento de exame inicial do politraumatizado, que é a primeira avaliação de uma vítima de trauma.

"Nosso objetivo com esses treinamentos é preservar vidas e diminuir o índice de mortalidade. Quanto mais pessoas tiverem acesso ao conhecimento do Suporte Básico de Vida, mais vidas serão salvas em Itaboraí. Os primeiros socorros a um paciente são fundamentais para aumentar as chances de recuperação", destacou o técnico de emergência médica e instrutor de SBV, Claudemir Quirino.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que você acha? CANCELA O CARNAVAL EM 2022? Na sua opinião, outros prefeitos deveriam fazer o mesmo?

26.2%
22.3%
14.4%
37.2%
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
No que podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...