MENU

28/10/2021 às 17h42min - Atualizada em 28/10/2021 às 18h45min

PREFEITURA ESTIMULA E AQUECE AGREOLOGIA EM MARICÁ

O segmento ganhou foco da administração municipal, e passou a fortalecer a atividade econômica na cidade de Maricá.

GRUPO EDITORIAL MARICÁ
Assessoria de Imprensa Maricá
A Prefeitura de Maricá lançou mais um norte de importância econômica para a cidade, o estímulo à agroecologia, já desenvolvido em um ciclo de produção verde local. Tal como na decisão de praticar a transferência de renda básica à população – que propicia um círculo virtuoso para moradores e os cofres públicos –, ações de sustentabilidade ganharam atenção prioritária da gestão em uma campanha para despertar a consciência pela alimentação totalmente saudável, sem agrotóxicos.

Sob o slogan "Responsabilidade e respeito do plantio ao prato", a campanha defende o combate à fome com a oferta de alimentos sem conservantes e a valorização do produtor rural.


Praças Agroecológicas e Hortas Comunitárias

A colheita do plantio na praça agroecológica de Araçatiba, nas hortas comunitárias de Itapeba, Guaratiba e Parque Nanci, e na Fazenda Pública Joaquín Piñero, no Espraiado, é utilizada na merenda das escolas da rede municipal, nos pratos do Restaurante Municipal Mauro Alemão (Inoã), e inclusive a moradores.

Plantas medicinais, ornamentais e aromáticas também compõem os canteiros dos espaços públicos onde há o plantio. E, até o primeiro trimestre de 2022, mais duas praças agroecológicas estarão em funcionamento no município, oferecendo mais alimentos para a população e um futuro com mais qualidade aos moradores.
 

Baldinhos do Bem

No reforço ao círculo agro, somam-se iniciativas bem-sucedidas, como o Sábado Agroecológico, quando a população interessada aprende sobre segurança alimentar; a Feira Agroecológica (recheada de produtos naturais), além da mais recente iniciativa, o projeto "Baldinhos do Bem", em que sobras de matéria orgânica (cascas, partes de frutas, legumes e verduras) serão armazenadas nos baldinhos para que, posteriormente, sejam trocadas por alimentos das praças agroecológicas.

O lançamento do "Baldinhos do Bem" aconteceu este mês e a previsão é que no início de 2022 sejam distribuídos cinco mil baldes. As sobras serão levadas para a Fazenda Pública e utilizadas como compostagem (um processo de "reciclagem" da matéria orgânica que gera um adubo natural e pode ser utilizado no cultivo de plantas, jardins e na agricultura), reduzindo em até 40% a quantidade de lixo domiciliar recolhida na cidade.

Além de vídeos e outdoors, a campanha agroecológica de Maricá preocupou-se em intalar placas informativas com QR code nos canteiros da praça agro, onde serão disponibilizadas todas as informações que o morador precisa para realizar o plantio e a colheita corretamente.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que você acha? CANCELA O CARNAVAL EM 2022? Na sua opinião, outros prefeitos deveriam fazer o mesmo?

26.2%
22.3%
14.4%
37.2%
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
No que podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...