MENU

06/12/2021 às 19h15min - Atualizada em 07/12/2021 às 00h01min

PREFEITURA DE IGUABA GRANDE ANUNCIA QUE RÉVEILLON 2022 NÃO TERÁ FESTIVIDADES

O município divulgou, nesta segunda-feira (6), que medida atende às recomendações de especialistas com base na decisão do comitê científico do estado.

GRUPO EDITORIAL MARICÁ - Assessoria de Imprensa Rio
Agência O Globo via G1 Região dos Lagos
O município divulgou, nesta segunda-feira (6), que medida atende às recomendações de especialistas com base na decisão do comitê científico do estado. A Prefeitura de Iguaba Grande, na Região dos Lagos do Rio, divulgou, nesta segunda-feira (6), que não vai realizar festividades no réveillon 2021/2022.

O anúncio foi feito após reuniões do grupo técnico formado por servidores das secretarias municipais de Saúde e Turismo, Esporte e Lazer. O prefeito Vantoil Martins explica que a opção foi seguir as recomendações de especialistas com base na decisão do comitê científico do estado, que vem acompanhando a situação da variante ômicron no país.

“Devemos pensar no bem-estar da população. Não podemos realizar o evento sem a garantia de segurança de todos. Reforçamos que as recomendações de prevenção devem continuar sendo seguidas, bem como uso da máscara, higiene das mãos e evitar aglomerações”, Disse o prefeito.


A Prefeitura, conforme explicado ao g1, fez contato com bandas locais e montou a programação, mas, diante das incertezas quanto à realização de evento, não chegou a fazer contratações e nem divulgar a programação oficialmente.

O professor da UFRJ e membro do comitê científico que assessora a Secretaria Estadual de Saúde, Roberto Medronho, disse, na última semana, que "na incerteza, o melhor é optar pelo princípio da precaução".

“Nossos indicadores vêm caindo ao longo do tempo graças à grande campanha de vacinação e à enorme adesão da população. No entanto, nós não somos uma ilha. Nós vivemos em um mundo globalizado. Hoje, com a ômicron, nós precisamos ter um olhar muito mais perto de como será essa evolução", afirmou Medronho.


Variante ômicron

No último sábado (4), o Ministério da Saúde informou que são seis casos confirmados da variante ômicron do coronavírus no país.

Em todos os casos, os infectados com a nova variante já estão vacinados e apresentaram sintomas leves, acrescentou a pasta.

Foram registradas três confirmações da ômicron em São Paulo, duas no Distrito Federal e uma no Rio Grande do Sul. O Ministério da Saúde informou ainda que nove casos estão em investigação, sendo seis no DF e três no Rio Grande do Sul.

O caso suspeito de ômicron no Rio de Janeiro foi descartado, tratando-se da variante delta.
No Rio de Janeiro, foi descartado um caso suspeito da variante ômicron depois de exames realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O resultado foi divulgado na última sexta-feira (3), revelando que a mulher que voltou recentemente da cidade de Joanesburgo, na África do Sul, está infectada com a variante delta, predominante na cidade.

Fonte: AGÊNCIA O GLOBO via G1

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
Como podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...