MENU

24/12/2021 às 10h56min - Atualizada em 28/12/2021 às 01h55min

MOEDA SOCIAL ITAJURU SERÁ EXPANDIDA PARA OUTRAS QUATROS LOCALIDADES DE CABO FRIO, NO RJ

Nova etapa do programa de transferência de renda vai atender áreas do Porto do Carro, Boca do Mato, Rainha da Sucata e parte do Monte Alegre. Expansão acontecerá em janeiro de 2022, segundo o prefeito.

GRUPO EDITORIAL MARICÁ - Inclusão Social
Agência O Globo via G1 Região dos Lagos
Divulgação/Prefeitura de Cabo Frio
O prefeito de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, Jose Bonifácio, anunciou a ampliação da Moeda Social Itajuru. A expansão do programa de transferência de renda vai atender famílias da Boca do Mato, Porto do Carro, Monte Alegre e Rainha da Sucata.

De acordo com a prefeitura, atualmente, a iniciativa beneficia 500 famílias em situação de pobreza extrema no bairro Manoel Corrêa, com a transferência de 200 itajurus, equivalente a R$ 200, mensalmente.

“A partir de janeiro faremos essa expansão, contando com o reforço no orçamento, por meio de emenda parlamentar. Espero que possamos atender cada vez mais famílias, sempre priorizando as pessoas que mais precisam”, disse o prefeito José Bonifácio.


Programa foi lançado em outubro

A Moeda Social Itajuru foi lançada pela Prefeitura de Cabo Frio no dia 29 de outubro, com o objetivo de promover a transferência de renda para famílias em situação de pobreza do bairro Manoel Corrêa.

No atual modelo, 500 famílias selecionadas pelo Cadúnico recebem 200 itajurus por mês. Os recursos podem ser gastos em estabelecimentos comerciais cadastrados, colaborando para movimentar o comércio da comunidade.

De acordo com o município, somente no primeiro mês, a Moeda Social Itajuru movimentou mais de R$ 140 mil no comércio cadastrado.
Foram realizadas 3.107 operações com a Moeda Social Itajuru em novembro na comunidade, fazendo girar a quantia de R$ 90,8 mil. Deste valor, além dos 91,7% em gêneros alimentícios, foram gastos 3,3% em farmácias, 1% em serviços e 4% em setores como comércio varejista, atacadista, vestuário e construção civil.

Já os comerciantes aplicaram R$ 16,4 mil para pagamento de contas, como água, luz e telefone.
Entre as famílias cadastradas no CadÚnico do Governo Federal, a Moeda Social Itajuru dá prioridade para que as mulheres sejam as titulares do cartão. Para as compras, os beneficiários devem portar a senha individual, que é intransferível, o número de CPF cadastrado e o cartão.

Fonte: Agência O Globo

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que você acha? CANCELA O CARNAVAL EM 2022? Na sua opinião, outros prefeitos deveriam fazer o mesmo?

26.2%
22.3%
14.4%
37.2%
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
No que podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...