MENU

30/01/2022 às 15h38min - Atualizada em 01/02/2022 às 17h35min

HOMENAGEM DA PREFEITURA DE MARICÁ A DARCY RIBEIRO É DESTAQUE NO JORNAL O GLOBO

Na edição deste domingo (30/01), colunista Cacá Diegues cita o livro sobre a obra do educador que é referência em políticas públicas no Brasil

GRUPO EDITORIAL MARICÁ - Cultura
Assessoria de Imprensa Maricá
A Prefeitura de Maricá mais uma vez ganha destaque na mídia nacional. Na edição deste domingo (30/01) de O Globo, o colunista Cacá Diegues publica o artigo "A utopia é aqui", no qual cita a homenagem que o município faz a Darcy Ribeiro com a publicação do livro "Darcy em Maricá, a utopia é aqui".

 

Com curadoria de Gringo Cardia e coordenação editorial de José Ronaldo Cunha e Bete Capinam, o livro de 720 páginas é sobre a casa onde Darcy morou na Praia de Cordeirinho, em Maricá, local que ele dizia adorar. O imóvel, com projeto original de Oscar Niemeyer e inteiramente restaurado, está aberto à visitação pública e vai virar museu.

 

No artigo, Cacá ressalta sua enorme admiração por Darcy Ribeiro, onde aprendeu a amá-lo e respeitá-lo desde o dia em que o conheceu. O colunista revela que conviveu com Darcy por um curto espaço de tempo no exílio.
 

"No final dos anos 1990, quando ele retornou muito doente para morrer no Brasil, eu e mais dois colegas do antigo movimento estudantil, ligados agora ao cinema, fomos visitá-lo em Maricá, onde ele vivia seus últimos dias", destaca Cacá.

 

Confira na íntegra o artigo "A utopia é aqui", de Cacá Diegues.

 

https://mcusercontent.com/4d21430e7a1d508af1534064f/images/932be7e4-5b30-8ba1-3639-a5874340fd7e.jpg

 

 

Livro sobre Darcy Ribeiro

 

O livro que conta a história de Darcy Ribeiro - educador, antropólogo, sociólogo, escritor e considerado uma referência em políticas públicas no Brasil – também foi destacado por grandes personalidades brasileiras, como Xico Sá (jornalista, escritor, comentarista de TV e palestrante) e por duas atrizes consagradas da televisão brasileira, Marisa Orth e Regina Casé.

 

Mais sobre a casa de Darcy

 

Darcy morou em Maricá e teve a casa projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer. São 11 cômodos, em formato côncavo e com paredes em curvas, similares a uma oca, uma referência aos povos indígenas, admirados por Darcy Ribeiro. Na entrada principal, há uma estátua de bronze do antropólogo posicionada de frente à praia, em alusão à sua paixão pela Praia de Cordeirinho. Dentro, estão objetos pessoais dele e estruturas que remetem à sua trajetória. O imóvel passou para a administração municipal por meio de um comodato, assinado em fevereiro de 2009 junto à Fundação Darcy Ribeiro, com objetivo de resgatar e compartilhar as ideias do antropólogo.

 

Um circuito inteiramente cultural

 

Maricá criou o Circuito Cultural Caminho das Artes onde, além da residência de Darcy, há casas de um grupo de personagens com importância artística, antropológica e cultural na cidade, como as de Maysa, Beth Carvalho e João Saldanha.

 

Uma cidade fora da curva

 

A beleza de Maricá é considerada esplendorosa à prática do turismo, com praias, montanhas, lagoas e cachoeiras. O município oferece transporte de massa de graça aos moradores em ônibus, vans e bicicletas compartilhadas, e é ainda pioneiro na transferência de renda por meio de uma moeda social (Mumbuca) aos habitantes que mais precisam –, iniciativa que colaborou diretamente para o IBGE apontar Maricá, no fim de 2021, como a cidade com maior crescimento de participação do PIB no país.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
No que podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...