MENU

08/02/2022 às 17h41min - Atualizada em 08/02/2022 às 19h07min

VÍDEO MOSTRA MOMENTO EXATO EM QUE DONO DE SITE DE NOTÍCIAS É EXECUTADO NO PIRAMBU EM FORTALEZA, ASSISTA À COVARDIA

A vítima foi surpreendida por um homem armado, enquanto caminhava pela rua no Bairro de Pirambu em Fortaleza, estado do Ceára.

GRUPO EDITORIAL MARICÁ - Escrito por Emanoela Campelo de Melo e Jéssica Costa
DIÁRIO DO NORDESTE
Legenda: O jornalista foi abordado pelas costas e alvejado à queima-roupa Foto: Reprodução
O dono de um site de notícias, Givanildo Oliveira da Silva, morto a tiros no Pirambu, foi surpreendido por um homem armado enquanto caminhava pelas ruas do bairro. A reportagem do Diário do Nordeste teve acesso às imagens de câmeras que flagraram a execução do comunicador.

No vídeo é possível perceber que Givanildo caminhava pela rua, onde outros populares estavam por perto, quando um homem com roupa similar a de um gari o aborda pelas costas e começa a efetuar os disparos de arma de fogo.

Givanildo foi executado horas após publicar em um site do qual era proprietário sobre a prisão de Francisco Airton Vieira, suspeito de participar de um duplo homicídio horas antes.

O crime aconteceu por volta das 20h30 desse domingo (7). Logo após o proprietário do site ser baleado e o criminoso fugir, dezenas de populares se aproximam do corpo e acionam socorro hospitalar.

 

VOZ SILENCIADA


Nesta terça-feira (8), foi divulgado nas redes sociais que a página da qual Givanildo era administrador deixará de publicar assuntos policiais.



O governador do Ceará Camilo Santana se pronunciou nas redes sociais afirmando que estes crimes de violência são inaceitáveis.

Legenda: Governador fez uma postagem listando diversos casos de violência nas últimas 24 horas no Ceará
Foto: Reprodução

Camilo pediu respostas imediatas sobre a morte do comunicados e demais crimes registrados no Estado nas últimas horas, a exemplo de uma chacina no Interior.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará (Sindjorce) lamentou a morte do comunicador e cobrou a apuração do crime "para saber se está relacionado a atuação do comunicador popular".

Já a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que as polícias Militar e Civil estão em diligências com o intuito de "identificar a autoria do crime". O caso está sendo apurado pela 8ª Delegacia do Departamento de Homicidios e Proteção à Pessoa (DHPP).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco!
Atendimento do Grupo Editorial Maricá
No que podemos ajudar? Envie sua mensagem, dica de pauta, crítica, sugestão ou denúncia...